Câmara Municipal de Patos poderá dar posse ainda na sessão desta quinta-feira, dia 11, pois a decisão judicial dá 24 horas para o 2º suplente assumir

De ordem do juiz Dr. Luiz Gonzaga de Melo Filho, do Fórum Miguel Sátiro, foi concedido mandado de segurança em prol do 2º suplente de vereador Jardelson Pereira (PSDB), determinando a posse imediata como vereador na Câmara Municipal de Patos.

A decisão gerou movimentações nos bastidores da política patoense, pois, Jardelson Pereira está sendo investigado no âmbito da Operação Cidade Luz que afastou o prefeito Dinaldinho Wanderley (PSDB), porém, o magistrado reconheceu o direito de exercer o mandato na vacância gerada após a saída de Sales Júnior para assumir a cadeira de prefeito interino de Patos.

As vagas foram surgindo a partir da saída do vereador Jeferson Melquiades (PRB) para a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STtrans) e mais recentemente de Sales Júnior, no entanto, o 3º suplente Diego Dantas exigia a vaga em decorrência da investigação que pesa sobre Jardelson que achava-se impedir exercer o mandato de vereador.

O Procurador da Câmara Municipal de Patos, Dr. José Lacerda Brasileiro, havia encaminhado pedido de esclarecimento sobre a posse de Jardelson Pereira para o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ/PB), porém, a decisão local saiu anteriormente a elucidação por parte do TJ/PB.

A Câmara Municipal de Patos poderá dar posse ainda na sessão desta quinta-feira, dia 11, pois a decisão judicial dá 24 horas para o 2º suplente assumir.

 

 

Jozivan Antero – Patosonline.com

Comentários

comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here