Maria Madalena Simões Mariano se deu conta que foi enganada e procurou a Delegacia de Polícia Civil em Patos. A vítima agora está sem R$ 990,00; busca os documentos da moto, as chaves e o capacete

A senhora Maria Madalena Simões Mariano, 35 anos, entrou em desespero após perceber que havia caído em um golpe na manhã desta quinta-feira, dia 04, em pleno centro da cidade de Patos.

Maria Madalena relatou que estava no Banco Brasdesco onde foi retirar o Benefício de Proteção Continuada (BPC) do seu filho que é portador de necessidades especiais. Ela estava com sua bolsa contendo o dinheiro, todos os seus documentos, além de objetos pessoais como chaves e o capacete da moto em mãos.

Ao atravessar a Rua Epitácio Pessoa, Madalena foi abordada na calçada por uma mulher que estava com uma folha de cheque no valor de R$ 15.000,00 e uma cédula de R$ 100,00. A estelionatária perguntou se o cheque pertencia a Madalena e quase que no mesmo instante aparece o comparsa da vigarista que se identifica como sendo dono do cheque e do dinheiro.

O golpe começa neste instante, pois o casal consegue envolver a vítima e o homem relata que quer recompensá-las pela honestidade de devolver o dinheiro e o cheque. A recompensa é um brinde, que no caso relatado, é uma sandália como gratificação. O homem entrega um vale de R$ 100,00 para cada uma das mulheres e todos vão ao local para receber o brinde que não existe.

O casal de estelionatários se dirige com a vítima até um local indicado para receber os brindes. A comparsa se dispõe a segurar a bolsa e os objetos da vítima enquanto ela adentra na loja para receber as sandálias, porém, ao entrar na loja, a vítima se depara com a realidade, pois é comunicada por funcionários que não sabe do que se trata. Ao voltar para a calçada, já é tarde. O casal some com todos os pertences.

Maria Madalena Simões Mariano se deu conta que foi enganada e procurou a Delegacia de Polícia Civil em Patos. A vítima agora está sem R$ 990,00; busca os documentos da moto, as chaves e o capacete.

O Delegado Dr. Ronys Feitosa alertou sobre o caso e pediu para que os cidadãos redobrem a atenção e não aceitem vantagens dessa natureza, pois os estelionatários agem de diversas formas. O Delegado tem imagens do casal e da vítima e busca mais informações que levem à prisão dos golpistas.

 

 

Jozivan Antero – Patosonline.com

Comentários

comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here